fbpx

O caminho do artista: resenha

Você sente que não tem criatividade ou está com bloqueio criativo?

Então, venha conferir a minha resenha de O caminho do artista.

Neste post, apresento os principais pontos que a autora do livro, Julia Cameron, traz em O caminho do artista para recuperar a criatividade e também conto como foi a minha experiência de leitura e o que achei do livro.

O caminho do artista: a autora

O caminho do artista é um livro que apresenta um método, criado por Julia Cameron, para ajudar artistas na recuperação criativa.

Julia Cameron é escritora, com mais de 40 livros publicados, tanto de ficção quanto de não ficção, e criou o método “O caminho do artista”, para ajudar artistas, escritores e profissionais que trabalham com criatividade.

Ela também conduziu cursos para instituições como The New York Times e Smithsonian Institution.

o caminho do artista_alessandraCosta
o caminho do artista

O caminho do artista: resenha

Em O caminho do artista, Julia Cameron apresenta seu método para ajudar artitistas a destravarem sua criatividade. O método, por sua vez, é composto por atividades práticas que devem ser realizadas ao longo de 12 semanas.

Por isso, a autora recomenda fazer a leitura seguindo o programa, ou seja, um capítulo por semana, pois em cada capítulo ela apresenta exercícios para trabalhar um determinado aspecto do seu lado artístico e assim, desbloquear sua criatividade.

Logo no princípio do livro, a autora apresenta as ferramentas básicas do método, que são:

  • as páginas matinais (morning pages). 
  • o encontro com o artista.

Conheça um pouco mais de cada uma das ferramentas.

As páginas matinais ou Morning pages

Uma das ferramentas de O caminho do artista são as páginas matinais.

As páginas matinais são a principal ferramenta para sua recuperação criativa.

Elas devem ser escritas à mão e de forma livre, sem pensar. É um processo de drenagem cerebral, de descarrego.

Sabe quando mil coisas estão passando pela sua cabeça e você tenta silenciar tudo, mas não consegue? As páginas matinais servem para você descarregar tudo isso no papel e acalmar a mente.

Segundo a autora, não existe maneira certa de fazer as páginas matinais. Mas ela faz algumas recomendações.

  • Não ler as páginas matinais antes da 8ª semana.
  • “As páginas matinais são obrigatórias. Nunca pule esse exercício nem escreva menos que três páginas”.
  • “Faça qualquer coisa até preencher as três páginas.”

O exercício das páginas matinais ensina que escrever não depende de ter ou não vontade, mas de sentar e começar a escrever.

Além disso, com esse exercício, aprendemos a parar de julgar aquilo que escrevemos permitindo que a gente escreva mais.

O encontro com o artista

A técnica de encontro com o artista nada mais é que separar um tempo na sua semana para ficar a sós e fazer algo que você goste.

o encontro com o artista é um tempo por semana dedicado especialmente para alimentar sua consciência criativa, seu artista interior.

Ou seja, ir à livraria, à papelaria, ir ao cinema, bater perna pela cidade, etc. Mas tem que ser só para que você possa interagir com seu artista interior.

Ao fazer o encontro com o artista, você estará abrindo-se a descobertas, inspiração e orientação.

o caminho do artista_o encontro com o artist_alessandraCosta
O encontro com o artista

Princípios para recuperação e descoberta da criatividade

Nos primeiros capítulos de O caminho do artista, a autora lista  10 princípios para a recuperação e a descoberta da criatividade.

Os capítulos seguem uma programação de leitura semanal, em que, a cada semana, um  aspecto da vida do artista é tratado. São eles:

  • segurança;
  • identidade;
  • poder;
  • integridade;
  • possibilidade;
  • abundância;
  • conexão;
  • força;
  • compaixão
  • autoproteção;
  • autonomia;
  • senso de fé.

Dessa forma, ao final do livro, você terá tratado cada um desses princípios e a sua criatividade fluirá melhr.

Em cada capítulo, a autora traz exemplos de alunos e pessoas conhecidas dela que passaram por situações de bloqueio criativo e como essas pessoas contornaram esse bloqueio.

Ao final de cada capítulo, há tarefas sugeridas para fazer, além de uma checagem para verificar quantas vezes você fez as páginas matinais na semana anterior e confirmar se você teve seu encontro com o artista.

Além disso, o livro ainda traz um capítulo com perguntas frequentes sobre O caminho do artista e um guia para grupos criativos que podem ser criados seguindo o livro como norteador para ajudar outros artistas que necessitam de recuperação.

E para encerrar, há uma lista de leituras sugeridas.

O caminho do artista: minha experiência

Assim como aconteceu com Como superar seus limites internos, demorei bastante na leitura de O caminho do artista.

O fato de ela tratar a criatividade de forma mística me incomodou (não sei ao certo se esta seria a melhor palavra).

Cameron recorre a termos como sincronicidade, espiritualidade, Deus, Universo, Sabedoria.

Eu acredito que algumas pessoas nascem com maior inclinação para atividades artísticas, mas também acredito que é possível desenvolvê-las minimamente para produzir o que quer que seja. Eu sou um exemplo disso.

E meu processo de recuperação da criatividade começou com Roube como um artista, do Austin Kleon.

Além disso, o fato de ter que sentar para escrever todos os dias tem ajudado bastante e assim como escrever no diário. Mas isso porque escrevo para meus clientes. Se fosse apenas para escrever aqui para o blog, a procrastinação venceria sempre. Recomendo que leia meu texto sobre Como superar seus limites internos.

Em Grande magia, Elizabeth Gilbert propõe uma abordagem semelhante, porém mais sutil e que agradou-me mais.

Portanto, para mim, a leitura não foi fundamental, importante. O grande aprendizado mesmo foram as páginas matinais e o encontro com o artista. Em breve terá um post contando a minha experiência com eles.

De qualquer forma, fica a recomendação para ler O caminho do artista, pois a sua experiência pode ser diferente da minha.

Além disso, deixo a recomendação de leitura dos livros que mencionei que falam sobre criatividade:

Como superar seus limites internos 

Grande magia 

Roube como um artista 


Todos os links desse post são links de afiliado. Portanto, ao comprar a partir desses links, você ajuda o blog a crescer sem pagar nada a mais por isso. Obrigada!

2 comentários em “O caminho do artista: resenha”

  1. Pingback: Melhores cadernos para diário, planner, estudos, etc.

  2. Pingback: Diário Pessoal: o que é, por que escrever e como fazer?

Deixe um comentário

Rolar para cima